'Melhor Jair se acostumando', dizem alunos de antiga escola de Bolsonaro


"Nasceste para vencer", diz a inscrição na porta do complexo rosa de arquitetura colonial em Campinas onde, 44 anos atrás, um moleque branquelo e espichado que atendia pelo apelido de "Parmito" (palmito em "paulistês") começou sua jornada militar.

O mesmo Jair Messias Bolsonaro é hoje cultuado numa página não oficial de Facebook que reúne antigos e atuais alunos da Escola Preparatória de Cadetes do Exército. "É melhor Jair se acostumando! Em 2018, vamos enDIREITAr este país", diz um post de julho curtido por 420 pessoas.
Reprodução/Facebook 
No Facebook, perfil não oficial da escola onde Bolsonaro estudou para ser cadete agora o exalta


Na quarta (23), dezenas dos 440 estudantes da instituição –porta de entrada para quem quer seguir carreira no Exército– marchavam antes do almoço à base de purê de batata, frango, arroz, feijão, suco artificial de laranja e gelatina de uva.

"Nobre infantaria/ Arma de respeito/ Faz amedrontar", entoava o pelotão de aspirantes a oficial das Forças Armadas.

Foram 29 mil inscritos para a turma de 2017, ou 66 candidatos por vaga (a média para medicina na USP: 63). Jovens de 17 a 22 anos recebem uma ajuda de custo e moram no colégio-quartel, em três dormitórios com beliches e armários metálicos. Cada quarto coletivo tem um "patrono" animal –águia, leão e pantera.

Novidade neste ano: uma ala para 37 alunas, as primeiras numa instituição há 76 anos dominada por homens. Estreia no Exército, as turmas mistas já eram realidade na Aeronáutica e na Marinha.

A equipe pioneira foi batizada com o nome de Rosa da Fonseca (1802-1873), a "patrono da Família Militar", segundo o site do Exército. "Mulher de caráter varonil" e "Matriarca Exemplar", foi a mãe de Deodoro da Fonseca, proclamador da República e primeiro presidente do Brasil.

Do Mato Grosso do Sul, Mikaela Alcântara, 21, achou que seria médica. O vestibular para a escola de cadetes jogou o antigo sonho para escanteio.

Ela treinou flexão de braço com o pai militar para passar na prova física. Passou. Mas outros testes ainda lhe aguardavam.

No início, a convivência com os colegas "foi um pouco difícil", conta.

"Não nos achavam capazes", diz, tirando um caderno de capa florida da bolsa. "Até hoje a gente vê que tem menino que não é a favor. Inclusive já falaram que tem menina que não vai chegar na Aman [Academia Militar das Agulhas Negras, a próxima etapa de formação]."

Na "parte física", conta Mikaela, as garotas têm algum desconto (menos exercícios na barra do que eles, por exemplo). Também há respeito à "parte fisiológica", como o direito de ser liberada da natação se estiver menstruada.

Mas elas carregam a mesma mochila, que pode variar de 15 kg a 20 kg, e podem ir até melhor em certas áreas, diz a aprendiz de combatente. "A mulher em geral é mais detalhista, mais atenta, mais calma. Para dar tiro, tem mulher melhor que homem."

No quadro geral, somando treinos físicos e aulas teóricas, as alunas têm pontuação alguns décimos superior à deles.

O esmalte de Mikaela é marrom claro. O coque, preso numa redinha, como zela o código de vestimenta. Anéis? Também há regulamento: no máximo três, inclusos aliança e anel de formatura, com preferência a "metais dourados e prateados".

Quanto ao "uso de trajes civis no interior" da escola, elas têm mais restrições do que eles.

Aos cadetes são vetados: "Bermuda; camiseta cavada ou sem mangas; chinelos".

As estudantes não podem: "Saias, vestidos e blusas extravagantes, demasiadamente curtos, justos, de frente única, desrespeitosos, vulgares ou acima dos joelhos; decotes exagerados ou desrespeitosos; tops ou tomara-que-caia, calça legging com mini-blusa; short ou bermuda curta; chinelos".

MARCHA, SOLDADO

Num percurso de cinco minutos, 30 alunos prestam continência ao major Relva, 41, responsável pela comunicação da escola onde a implantação da ditadura militar, em 1964, é tratada como "revolução", diz o ex-estudante da escola.

Relva ainda lembra de jogar o RPG "Dungeons and Dragons" nos intervalos de seu curso, nos anos 1990. Hoje, o grêmio estudantil tem mesas de sinuca e totó. Nos corredores, painéis de três grupos religiosos representados internamente.

Num dos cartazes do Núcleo dos Alunos Evangélicos, o lema "glória a Deus!" vem acompanhado do pedido "ouça o rugido do leão, HALLLL".

No mural da "Cruzada dos Militares Espíritas", a imagem de Chico Xavier é o grande destaque.

Já os cadetes católicos se inspiram na frase escrita com letra cursiva sobre uma cartolina vermelha brilhante: "A vida é uma viagem em que Jesus é a estrada, o Espírito Santo é a carga e Deus Pai, o ponto de chegada".

CADETE BOLSONARO

Em 1973, auge do regime, o filho do dentista plástico Geraldo e da dona de casa Olinda deu o primeiro passo para concretizar um desejo despertado três anos antes. O Exército chegara a Eldorado (SP), onde vivia Bolsonaro, 15. As tropas estavam no encalço do capitão deserdado Carlos Lamarca, líder da guerrilha na região.

Bolsonaro escolheu ali seu lado no conflito e decidiu: seria o primeiro militar da família. Entrou na escola de cadetes aos 18 anos, mas não chegou a se formar lá: fez concurso e foi direto para a Academia Militar das Agulhas Negras.

FONTE: folha.uol

COMMENTS

Nome

Bahia,350,Brasil,426,Camaçari,1,Cláudia Wild,3,Colunista,2,Colunista Jovem,3,Condeúba,5,D'jane Silva,6,Denúncia,21,des,1,Destaque,854,Economia,35,Educacao,10,Elizeu Rosa,19,Entretenimento,58,Esporte,18,Eunápolis,19,Feira de Santana,30,Governador Mangabeira,10,Ilhéus,21,intretenimento,5,Itabuna,23,Jequié,76,Lauro de Freitas,4,Mundo,84,Noticias,1146,Politica,550,Porto Seguro,15,Presidente Tancredo Neves,5,Salvador,429,Saúde,12,Segurança Pública,3,Teixeira de Freitas,22,Vitória da Conquista,33,
ltr
item
Âncora News: 'Melhor Jair se acostumando', dizem alunos de antiga escola de Bolsonaro
'Melhor Jair se acostumando', dizem alunos de antiga escola de Bolsonaro
http://f.i.uol.com.br/fotografia/2017/08/26/706687-300x396-1-medium.jpeg
Âncora News
http://www.ancoranews.net/2017/08/melhor-jair-se-acostumando-dizem-alunos.html
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/2017/08/melhor-jair-se-acostumando-dizem-alunos.html
true
563360971225838415
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share. STEP 2: Click the link you shared to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy