Acusação contra ‘quadrilhão’ deixa Planalto em alerta


Michel Temer
As conclusões do inquérito da Polícia Federal que investigou o chamado “quadrilhão” do PMDB na Câmara acenderam o sinal amarelo no Palácio do Planalto. Para auxiliares de Michel Temer, o relatório final da PF, apontando que integrantes do PMDB participavam de uma organização criminosa, tem tudo para turbinar uma segunda denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o presidente. No momento em que o Planalto avaliava que as prisões do empresário Joesley Batista, do grupo J&F, e do executivo Ricardo Saud poderiam enfraquecer uma nova acusação contra Temer, o relatório da PF causou preocupação. Além disso, o documento cita o ex-ministro da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima, preso nesta sexta-feira, 8, após uma operação da PF que encontrou R$ 51 milhões em um apartamento usado por ele em Salvador. O Planalto teme que Geddel acabe fazendo uma delação premiada e envolvendo Temer na prática de crimes. Em conversas reservadas, aliados do presidente têm receio de que Geddel se transforme em “um novo Antonio Palocci”. Ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil nos governos do PT, Palocci acusou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na semana passada, de fazer um “pacto de sangue” com a Odebrecht para receber “um pacote de propinas”, que incluía R$ 300 milhões. Desde que a PF descobriu malas de dinheiro atribuídas a Geddel, o governo e a cúpula do PMDB tentam se descolar do ex-ministro. “Acho que quem tem que explicar é a Polícia Federal e, eventualmente, se (Geddel) tiver algum tipo de relação, ele também deve explicar”, afirmou o senador Romero Jucá (RR), presidente do PMDB. “Cada um responde pelos seus atos”, emendou o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. Na avaliação do núcleo político do governo, Janot não deixará o cargo, no fim desta semana, sem apresentar uma denúncia “midiática” contra Temer. Com esse diagnóstico, ministros já retomaram as articulações políticas para cobrar apoio de deputados de seus partidos e pedir que não abandonem o presidente, se outra acusação contra ele chegar ao plenário da Câmara.
Estadão

COMMENTS

Nome

ADEB,1,Bahia,347,Brasil,424,Brasília,1,Camaçari,1,Cláudia Wild,3,Colunista,2,Colunista Jovem,3,Condeúba,5,D'jane Silva,6,Denúncia,21,des,1,Destaque,853,Economia,35,Educacao,10,Elizeu Rosa,19,Entretenimento,58,Esporte,18,Eunápolis,19,Feira de Santana,30,Governador Mangabeira,10,Ilhéus,21,intretenimento,5,Itabuna,23,Jequié,76,Lauro de Freitas,4,Mundo,84,Noticias,1146,Politica,551,Porto Seguro,15,Presidente Tancredo Neves,5,Salvador,428,Saúde,12,Segurança Pública,3,Teixeira de Freitas,22,Vitória da Conquista,33,
ltr
item
Âncora News: Acusação contra ‘quadrilhão’ deixa Planalto em alerta
Acusação contra ‘quadrilhão’ deixa Planalto em alerta
http://www.politicalivre.com.br/wp-content/thumbgen_cache/df8168fd25de0e4309b02594e5bbdd1f.jpg
Âncora News
http://www.ancoranews.net/2017/09/acusacao-contra-quadrilhao-deixa.html
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/2017/09/acusacao-contra-quadrilhao-deixa.html
true
563360971225838415
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share. STEP 2: Click the link you shared to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy