Após 2 anos, ainda não se sabe por que epidemia de microcefalia predominou no Nordeste

Raquel de Araujo, 28, e as filhas gêmeas Heloá e Heloísa, ambas com microcefalia, na Paraíba.
Dois anos após o início do nascimento dos bebês com microcefalia no Brasil, o mistério continua: por que a alta concentração dos casos ocorreu apenas no Nordeste brasileiro? A proporção de danos causados pela agora chamada síndrome congênita de zika não se replicou em outras regiões do Brasil tampouco em outros países que enfrentaram posteriormente epidemias do vírus, como Colômbia, Porto Rico, regiões dos EUA e do sudeste asiático. Nesses locais, em média 7% das mulheres que contraíram zika tiveram seus bebês afetados. Em 2015, no Nordeste brasileiro, as taxas de defeitos congênitos parecem ter sido muito maiores e mais graves. Naquele ano, nasceram na região 1.373 bebês com a síndrome de zika.

Não se sabe, no entanto, qual o percentual de bebês afetados porque ninguém faz ideia de quantas mulheres foram infectadas pelo vírus da zika. Naquele período, a doença ainda não era de notificação compulsória e não existiam testes diagnósticos. Pelo alto número de bebês com a síndrome, é possível imaginar que a quantidade de mulheres infectadas também tenha sido muito alta, muito mais do que em qualquer outro lugar. Mas por quê? Há vários estudos em curso tentando desvendar esse mistério. No entanto, os pesquisadores enfrentam imensos obstáculos na tentativa de provar uma teoria ou outra. Um trabalho retrospectivo que está em andamento tenta calcular exatamente quantas grávidas foram infectadas em 2015. Mulheres do Nordeste que estavam gestantes durante o primeiro surto estão sendo testadas. Mas é um trabalho lento e difícil. Leia mais na FOLHA

COMMENTS

Nome

Bahia,350,Brasil,426,Camaçari,1,Cláudia Wild,3,Colunista,2,Colunista Jovem,3,Condeúba,5,D'jane Silva,6,Denúncia,21,des,1,Destaque,854,Economia,35,Educacao,10,Elizeu Rosa,19,Entretenimento,58,Esporte,18,Eunápolis,19,Feira de Santana,30,Governador Mangabeira,10,Ilhéus,21,intretenimento,5,Itabuna,23,Jequié,76,Lauro de Freitas,4,Mundo,84,Noticias,1146,Politica,550,Porto Seguro,15,Presidente Tancredo Neves,5,Salvador,429,Saúde,12,Segurança Pública,3,Teixeira de Freitas,22,Vitória da Conquista,33,
ltr
item
Âncora News: Após 2 anos, ainda não se sabe por que epidemia de microcefalia predominou no Nordeste
Após 2 anos, ainda não se sabe por que epidemia de microcefalia predominou no Nordeste
https://3.bp.blogspot.com/-SS86MxY9W5w/WbhCr3HTOZI/AAAAAAABoM4/Z7YqzcJouxsMsTApKpWNNV8V5NyHFJ2TgCLcBGAs/s1600/1713623.jpeg
https://3.bp.blogspot.com/-SS86MxY9W5w/WbhCr3HTOZI/AAAAAAABoM4/Z7YqzcJouxsMsTApKpWNNV8V5NyHFJ2TgCLcBGAs/s72-c/1713623.jpeg
Âncora News
http://www.ancoranews.net/2017/09/apos-2-anos-ainda-nao-se-sabe-por-que.html
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/2017/09/apos-2-anos-ainda-nao-se-sabe-por-que.html
true
563360971225838415
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share. STEP 2: Click the link you shared to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy