Cabral diz que sua campanha contou com mais de R$ 100 milhões não declarados

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, disse hoje (7) que sua campanha em 2010 custou cerca de R$ 100 milhões a mais do que foi declarado de forma oficial. A alegação foi feita ao juiz federal Marcelo Bretas, durante interrogatório na Operação Ratatouille. Trata-se de um dos desdobramentos da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), Cabral teria liderado uma organização que recebeu propina de R$ 16,7 milhões de empresas do ramo da alimentação.

De acordo com a acusação, os recursos foram pagos pelas empresas Mazan e Milano. Ambas são fornecedoras de merenda escolar e alimentação para presídios e mantinham contratos com o governo de Rio de Janeiro. Elas eram representadas pelo empresário Marco Antônio de Luca, que está preso desde junho. O ex-governador, que já soma 72 anos de prisão em condenações de primeira instância envolvendo esquemas apurados em outros três processos, nega as acusações.

Cabral afirma nunca ter pedido propina, mas reconhece ter recebido, de diversas empresas, recursos de forma não declarada para campanhas eleitorais. Ele também assume que usou parte desta verba para despesas pessoais. "Sou o único político do Brasil que está falando com essa franqueza. (...) A campanha para governador em 2010, para citar minha última eleição, deve ter girado em um valor, vou chutar um número, R$ 25 milhões. Não sei se estou perto do número oficial. Mas, na verdade, ela custou R$ 130 milhões ou R$ 120 milhões", disse.

No caso das empresas Mazan e Milano, porém, ele diz que nem dinheiro para campanha recebeu. "Nesse caso, nunca houve nem propina e nem caixa dois. Propina eu rejeito em todas as denúncias, porque eu jamais pedi. E caixa dois também, não com o Marco de Luca, porque a nossa relação é de amizade e eu diria que nunca falamos sobre esse assunto". Segundo Cabral, ambos tinham um convívio familiar.

O empresário Marco Antônio de Luca também prestou depoimento e igualmente negou as acusações. Segundo ele, o governo do Rio de Janeiro deve às suas empresas cerca de R$ 70 milhões, situação que não deveria ocorrer caso houvesse um sistema de pagamento de propina no valor de 5% do faturamento.

Antes dos dois, depôs o ex-assessor de Cabral, Carlos Miranda. Apontado como operador do esquema, ele teve seu acordo de delação premiada homologado pela Justiça. Carlos Miranda admitiu ter sido responsável por receber recursos de propina, enquanto o ex-governador e o ex-secretário de governo, Wilson Carlos, tratariam da negociação com os empresários. Segundo ele, a regra era cobrar 5% do faturamento dos contratos com o governo do estado. O esquema teria começado ainda na época em que Cabral presidiu a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. 

O ex-governador disse que Miranda "pegou carona" nos depoimentos de outros denunciados para conferir veracidade à sua delação premiada. "Nós presos assistimos à televisão, lemos o jornal. Aí ele vem e diz: é isso mesmo".

Enem
Ao final do depoimento, Sérgio Cabral lembrou ao juiz Marcelo Bretas de um pedido já apresentado pela sua defesa para realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no dia 12 de dezembro. Ele pretende ingressar no curso de história. O magistrado concedeu a autorização. De acordo com a legislação penal, os estudos possibilitam reduzir o cumprimento da pena.

Fonte: Agência Brasil


from Ebahia News http://ift.tt/2AGzC6f

COMMENTS

Nome

Bahia,347,Brasil,424,Camaçari,1,Cláudia Wild,3,Colunista,2,Colunista Jovem,3,Condeúba,5,D'jane Silva,6,Denúncia,21,des,1,Destaque,852,Economia,35,Educacao,10,Elizeu Rosa,19,Entretenimento,58,Esporte,18,Eunápolis,19,Feira de Santana,30,Governador Mangabeira,10,Ilhéus,21,intretenimento,5,Itabuna,23,Jequié,76,Lauro de Freitas,4,Mundo,84,Noticias,1146,Politica,550,Porto Seguro,15,Presidente Tancredo Neves,5,Salvador,428,Saúde,12,Segurança Pública,3,Teixeira de Freitas,22,Vitória da Conquista,33,
ltr
item
Âncora News: Cabral diz que sua campanha contou com mais de R$ 100 milhões não declarados
Cabral diz que sua campanha contou com mais de R$ 100 milhões não declarados
http://ift.tt/2ADUYDt
Âncora News
http://www.ancoranews.net/2017/12/cabral-diz-que-sua-campanha-contou-com.html
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/2017/12/cabral-diz-que-sua-campanha-contou-com.html
true
563360971225838415
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share. STEP 2: Click the link you shared to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy