Turistas começam a chegar a Salvador para o Festival da Virada


Assumindo o papel de cidade acolhedora, que deixa saudades sem ser piegas, Salvador se notabilizou ao longo do tempo por marcar na pele dos visitantes a vontade de retornar o mais rápido possível. A sentença, já comprovada no Carnaval, agora pertence também ao Réveillon, onde a faixa de areia será o limite para o sonho de soteropolitanos e turistas que viverão, entre os dias 28 de dezembro e 1º de janeiro, a experiência e todas as sensações do Festival da Virada Salvador 2018. 

E é justamente em busca desse sentimento que gente de todo lugar desembarca, aporta e aterrissa na cidade. Durante o verão, quartos, pátios e saguões de hotéis ficam repletos de bagagens, e as pessoas cheias de expectativas e ansiedade pela chegada do Réveillon. "Não há, no Brasil, evento de virada de ano tão completo, diverso e atrativo. Nós temos as principais atrações, e focamos em harmonizar diferentes ritmos. Temos um pouco de tudo, roda gigante, tirolesa, gastronomia. A intenção é entreter o público de todas as idades", avisa o presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington. 

Para o cabeleireiro argentino Sergio Ganim, 45, natural de Buenos Aires, voltar à cidade que lhe proporcionou sensações intensas há cinco anos era quase uma obrigação. "Conheci Salvador em uma breve estadia, e tudo aqui me atraiu. Gostei bastante das pessoas, da cidade e do acolhimento que tive por parte do povo daqui. Chego hoje, passo a virada na Bahia e depois sigo para o Rio de Janeiro, onde finalizo minha estadia de 20 dias em solo brasileiro", disse Ganim. 

Ocupação - Do outro lado, donos de hotéis, bares e restaurantes estão ansiosos por confirmar a projeção de que a festa na capital baiana será responsável pela ocupação máxima dos leitos ofertados para o período e pelo incremento nas vendas do comércio na orla marítima. As previsões estão sob observação desde antes do anúncio oficial da festa, registrando, entre os meses de novembro e dezembro de 2017, um aumento de 30% nas reservas para as festas de fim de ano, se comparado ao mesmo período em 2016. 

Os números são da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult) e vão ao encontro do que o trade turístico da cidade já havia adiantado para a alta estação. Salvador conta, atualmente, com 40 mil leitos distribuídos em hotéis, motéis, hostels, albergues e pousadas. Esses bons números devem se estender durante todo o verão, oscilando entre 15% e 20%, até fevereiro, quando voltam a atingir o pico, devido aos visitantes que chegam para a folia, quando a expectativa de ocupação terá crescido em torno de 22%. 

"O trabalho de reconstrução da cidade proporcionado pela Prefeitura e as ações de promoção do 'Produto Salvador' fora da capital baiana foram fundamentais para a retomada do fluxo turístico. Por conta disso, dos anúncios antecipados da estrutura e grade das festas, o setor está bastante otimista para a alta estação. A parceria com a Prefeitura só faz bem ao setor hoteleiro, já que todos ganham", afirma o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih), Glicério Lemos.

Salvador fecha o ano com um aumento de mais de 9% na taxa de ocupação hoteleira, se comparado a 2016. Este crescimento ocorre desde o início do ano, quando a Secult passou a contabilizar, mês a mês, o fluxo de turistas que se destinam à cidade. "Isso ajudou a estancar a curva de queda apresentada nos últimos três anos, ampliando a quantidade de visitantes em Salvador, resultando em uma taxa de ocupação 9% maior que no ano anterior", diz o titular da Secult, Cláudio Tinoco. 

E a aposta do trade é baseada justamente neste ímpeto das pessoas conhecerem ou retornarem à cidade durante o verão. Por conta disso, a Secult, em parceria com os atores do turismo soteropolitano, estima que entre dezembro e fevereiro, Salvador deve receber 2,5 milhões de turistas, que injetarão, aproximadamente, R$ 3,9 bilhões na economia da cidade, apenas no primeiro trimestre de 2018. Esse montante acarretará num incremento de 4,3% em relação ao mesmo período de 2016, para os setores de entretenimento e lazer; e hotelaria, turismo e alimentação. 

A expectativa de ocupação hoteleira para a noite da virada é de 100% nos hotéis do entorno da festa, que deve levar em torno de 700 mil pessoas à orla da capital somente na noite que antecede 2018. Isso tudo para aproveitar as 70 horas de música apresentadas por 29 atrações. Do total de visitantes esperados para o verão 2017/2018, 85% corresponde à demanda interna, e os 15% restantes serão preenchidos pela chegada de estrangeiros. Dos brasileiros, 57% devem vir do interior da Bahia e 43% de outros estados, com destaque para São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco e Sergipe. Dos turistas vindos de fora do país, a maioria vem da Argentina, Alemanha, EUA, França e Chile. 

Casada e apaixonada por Salvador, a engenheira civil paulistana Eliana Zacarias, 59 anos, passará dez dias na cidade. "Decidimos passar o Réveillon em Salvador porque queríamos um local agradável e que não fosse tão longe de casa. Além disso, a relação custo-benefício foi bem pensada, pois Salvador mantém bons preços em relação a outras cidades nordestinas. Aproveitamos tudo isso para incluí-la em nosso roteiro. Esta é a primeira vez que estamos juntos, como turistas, na capital baiana. Antes, eu e meu marido estivemos aqui inúmeras vezes, mas sempre a trabalho, chegando aqui e seguindo direto para a Ford, em Camaçari, sem permanecer um dia sequer na cidade. No mais, é uma cidade histórica, um lugar que diz muito da história do Brasil, tradicional, com boas praias, boas comidas e lugares interessantes para a festa da virada, com alegria, dança, música, tudo bem brasileiro". 

Ainda tentando entender o cronograma da festa em Salvador, o engenheiro argentino Roberto Massiotra, 59, recém-chegado a Salvador, não tinha local definido para passar a festa. Um tempo depois de deixar a bagagem no quarto procurou a equipe da Prefeitura para saber a programação e local do Festival da Virada. "Eu e minha esposa escolhemos Salvador para este Réveillon, pois já havíamos estado na cidade há dez anos, e queríamos trocar o frio desta época do ano na Argentina para o calor do Brasil, além da ótima recordação que temos de Salvador. Então, vamos aproveitar a festa que vocês fazem na praia. Esperamos que seja diferente de tudo que conhecemos e que nos divirta bastante", conta Massiotra.

COMMENTS

Nome

Bahia,348,Brasil,425,Camaçari,1,Cláudia Wild,3,Colunista,2,Colunista Jovem,3,Condeúba,5,D'jane Silva,6,Denúncia,21,des,1,Destaque,852,Economia,35,Educacao,10,Elizeu Rosa,19,Entretenimento,58,Esporte,18,Eunápolis,19,Feira de Santana,30,Governador Mangabeira,10,Ilhéus,21,intretenimento,5,Itabuna,23,Jequié,76,Lauro de Freitas,4,Mundo,84,Noticias,1146,Politica,550,Porto Seguro,15,Presidente Tancredo Neves,5,Salvador,429,Saúde,12,Segurança Pública,3,Teixeira de Freitas,22,Vitória da Conquista,33,
ltr
item
Âncora News: Turistas começam a chegar a Salvador para o Festival da Virada
Turistas começam a chegar a Salvador para o Festival da Virada
http://www.comunicacao.salvador.ba.gov.br/images/05062016saulo/ROBSHOTEL.JPG
Âncora News
http://www.ancoranews.net/2017/12/turistas-comecam-chegar-salvador-para-o.html
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/2017/12/turistas-comecam-chegar-salvador-para-o.html
true
563360971225838415
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share. STEP 2: Click the link you shared to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy