TRF-4 nega recursos por absolvição de Marisa


Maria e Lula
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou na sexta-feira, 9, pedidos do advogado Cristiano Zanin para recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), por meio de recurso especial, e ao Supremo Tribunal Federal (STF), por meio de recurso extraordinário, pela absolvição sumária da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva. A defesa não poderá recorrer às cortes superiores contra decisão da 8ª Turma da Corte que negou a absolvição sumária da mulher do ex-presidente Lula – morta em fevereiro do ano passado, vítima de um AVC – e manteve a extinção de punibilidade no caso triplex. Em 24 de janeiro, por 3 votos a 0, os desembargadores João Pedro Gebran Neto, Leandro Paulsen e Victor Laus mantiveram a condenação do petista e aumentaram a pena para 12 anos e um mês de prisão em regime fechado por corrupção e lavagem de dinheiro. Lula havia sido condenado pelo juiz federal Sérgio Moro em julho do ano passado a nove anos e seis meses de prisão pelos mesmos crimes. Os recursos da defesa de Marisa Lula não foram admitidos pela vice-presidente da corte, desembargadora federal Maria de Fátima Freitas Labarràre, responsável por avaliar o cabimento ou não do seguimento de um processo para as cortes superiores. A desembargadora afirmou que a decisão da 8ª Turma, em 21 de novembro passado, segue a orientação tanto do STF quanto do STJ, não cabendo a admissão dos recursos. Zanin sustentava que o acórdão da 8ª Turma teria incorrido em violação ao artigo 5º, inciso LVII, da Constituição Federal, que consagra o princípio da presunção de inocência, ao deixar de reconhecer a extinção da punibilidade pelo falecimento como causa de absolvição sumária, conforme previsão do artigo 397, inciso IV, do CPP. Segundo a magistrada, ‘a ofensa ao dispositivo constitucional invocado, ainda que reconhecida, afetaria os preceitos constitucionais somente de modo indireto ou reflexo, sendo a reparação inviável em recurso extraordinário’. Para o advogado de defesa, a extinção da punibilidade em decorrência do falecimento não seria suficiente, por se tratar de um ‘juízo de desvalor’ de Marisa, que teria direito à absolvição sumária.
Estadão Conteúdo

COMMENTS

Nome

Bahia,332,Brasil,416,Camaçari,1,Cláudia Wild,1,Colunista,1,Colunista Jovem,3,Condeúba,5,D'jane Silva,6,Denúncia,18,des,1,Destaque,840,Economia,34,Educacao,10,Elizeu Rosa,17,Entretenimento,57,Esporte,18,Eunápolis,19,Feira de Santana,30,Governador Mangabeira,10,Ilhéus,21,intretenimento,5,Itabuna,23,Jequié,76,Lauro de Freitas,4,Mundo,84,Noticias,1146,Politica,533,Porto Seguro,15,Presidente Tancredo Neves,5,Salvador,378,Saúde,11,Segurança Pública,2,Teixeira de Freitas,22,Vitória da Conquista,33,
ltr
item
Âncora News: TRF-4 nega recursos por absolvição de Marisa
TRF-4 nega recursos por absolvição de Marisa
http://www.politicalivre.com.br/wp-content/thumbgen_cache/e8c67563aa80523eff5024faab293b2d.jpg
Âncora News
http://www.ancoranews.net/2018/02/trf-4-nega-recursos-por-absolvicao-de.html
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/2018/02/trf-4-nega-recursos-por-absolvicao-de.html
true
563360971225838415
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO PESQUISA TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy