"A gente vai dar porrada se não respeitar a gente", diz Lula após protestos.

Nesta sexta (23), manifestantes bloquearam a estrada no trevo que dava entrada à cidade de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, para onde iria a caravana de Lula
Nesta sexta (23), manifestantes bloquearam a estrada no trevo que dava entrada à cidade de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, para onde iria a caravana de Lula...

Recebido por mais protestos em Chapecó (SC), durante a caravana que realiza pela região sul do Brasil, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez um discurso inflamado no qual chamou manifestantes contrários a ele de "fascistas", "nazistas" e "adversários da democracia".
No final de sua fala, o petista aconselhou centenas de simpatizantes a não ficarem raivosos "com os do lado de lá", mas fez um alerta. "Nós somos paz e amor, mas não pensem que vão bater nessa face e a gente vai dar essa [a outra] face. A gente vai dar é porrada se não respeitar a gente. Nós não queremos brigas, mas não fugiremos delas".
"Aprendam, seus fascistas, a fazer democracia, a respeitar a pluralidade, a convivência democrática na adversidade. Porque senão o ódio vai prevalecer e o ódio não conduz uma nação à nada", declarou o ex-presidente.
 Grupos pró e contra Lula entraram em confronto antes do início do comício do ex presidente, realizado na praça Coronel Bertaso. A Polícia Militar interveio e disparou balas de borracha e bombas de efeito moral, de acordo com o jornal Diário Catarinense.
Reunidos próximo ao local onde Lula discursaria, os manifestantes contrários ao ex-presidente atiraram ovos em direção ao público que aguardava a chegada de Lula.
 Lula criticou o método do protesto, dizendo que se os manifestantes "já tivessem passado fome uma vez na vida, não estariam jogando ovo nas pessoas, estariam comendo, fazendo omeletes". "Vá nas periferias ajudar as pessoas", orientou, dizendo que há brasileiros passando fome hoje à noite.
"Os fascistas, os nazistas estão tacando ovo na cara do povo, em mulheres, crianças. [...] Hoje eles estavam querendo impedir de sair do hotel [...] É como se quisessem impedir o melhor da Seleção de jogar", discursou o petista.
Ao fim do evento, apoiadores acompanharam o petista em caminhada até o hotel em que ele está hospedado na cidade.
Comício ganha tom de campanha eleitoral Pré-candidato do PT à Presidência da República, Lula deu clima de campanha eleitoral ao ato realizado nesta noite em Chapecó, que faz parte da caravana pelo Sul do país iniciada na segunda-feira (19).
No início de sua fala, Lula ironizou os manifestantes dizendo que achava bom eles soltarem rojões em sua vitória nas eleições. "E com lágrimas caindo pelos olhos pela derrota do candidato deles", afirmou.
"Não querem que a gente jogue. Querem ganhar? Disputem e ganhem as eleições!", gritou o ex-presidente, sendo ovacionado pelos apoiadores.
"Essa gente, moleques que nunca precisaram trabalhar na vida, com certeza não passaram no Enem e estão com raiva por isso. Se tivessem o mínimo de dignidade estariam beijando meus pés"
Mais cedo, ele esteve em Florianópolis, onde exaltou o ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT) , cotado para substituí-lo como candidato em caso de impedimento na Justiça eleitoral por conta da Lei da Ficha Limpa.
Protestos
Nesta sexta-feira (23), um ato que Lula faria em Passo Fundo teve de ser cancelado em razão de protestos realizados por apoiadores do deputado e presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ). Manifestantes queimaram pneus para obstruir a passagem da caravana de Lula.
O ex-presidente e alguns auxiliares mais próximos pernoitaram em um hotel próximo ao aeroporto e seguiram de avião para Florianópolis.
 A caravana de Lula enfrentou novos protestos neste sábado em Florianópolis. Militantes de grupos moderados como o Vem Pra Rua e apoiadores de Bolsonaro se reuniram para rechaçar a presença de Lula na cidade.
Durante um comício realizado por milhares de apoiadores que encheram a Praça XV de Novembro no centro da capital catarinense nesta manhã, Lula disse que os petistas devem retribuir caso sejam agredidos pelos adversários.
"Tem gente se organizando como paramilitar. Tem gente se preparando até para invadir o comício do outro. Quero dizer para essa gente que nós somos da paz. Mas não nos provoquem porque se derem um tapa na nossa cara a gente não vai apenas virar para o lado, a gente vai retribuir até eles aprenderem a viver democraticamente", disse o petista.
Os grupos contrários e favoráveis ao ex-presidente foram separados por dois cordões da Polícia Militar e, apesar das hostilidades e provocações, não foram registradas agressões.
Depois que a caravana de Lula foi impedida de entrar em Passo Fundo (RS), o ex-presidente e alguns auxiliares mais próximos pernoitaram em um hotel próximo ao aeroporto da cidade e seguiram de avião para Florianópolis.
Da capital catarinense Lula seguiu para Chapecó (SC) novamente em voo fretado. A ideia inicial era que Lula fizesse apenas a etapa entre Passo Fundo e Porto Alegre de avião e o restante da caravana de ônibus. A mudança de planos fez com que a agenda do ex-presidente atrasasse mais de duas horas.
Segundo o ex-ministro Miguel Rossetto, um dos motivos para o desvio foi a falta de garantias de segurança. "A Secretaria de Segurança Pública e o comando da Brigada Militar disseram que não poderiam garantir a segurança até o aeroporto de Passo Fundo", disse Rossetto, que é pré-candidato do PT ao governo do Rio Grande do Sul.
A secretaria diz ter garantido a segurança da caravana mesmo não sendo sua atribuição já que na comitiva havia dois ex-presidentes --Dilma Rousseff acompanhou parte do périplo.

Fonte: UOL Noticias




from Ebahia News https://ift.tt/2IR5SHz

COMMENTS

Nome

ADEB,1,Bahia,347,Brasil,426,Brasília,1,Camaçari,1,Cláudia Wild,3,Colunista,3,Colunista Jovem,3,Condeúba,5,D'jane Silva,6,Denúncia,22,des,1,Destaque,853,Economia,35,Educacao,11,Elizeu Rosa,19,Entretenimento,58,Esporte,18,Eunápolis,19,Feira de Santana,30,Governador Mangabeira,10,Ilhéus,21,intretenimento,5,Itabuna,23,Jequié,76,Lauro de Freitas,4,Mundo,85,Noticias,1146,Politica,551,Porto Seguro,15,Presidente Tancredo Neves,6,Salvador,428,Saúde,12,Segurança Pública,3,Teixeira de Freitas,22,Vitória da Conquista,33,
ltr
item
Âncora News: "A gente vai dar porrada se não respeitar a gente", diz Lula após protestos.
"A gente vai dar porrada se não respeitar a gente", diz Lula após protestos.
https://conteudo.imguol.com.br/c/noticias/de/2018/03/23/23mar2018---manifestantes-bloquearam-a-estrada-no-trevo-que-dava-entrada-a-cidade-de-passo-fundo-no-rio-grande-do-sul-para-onde-iria-a-caravana-do-ex-presidente-luiz-inacio-lula-da-silva-pt-por-1521856842596_615x300.jpg
Âncora News
http://www.ancoranews.net/2018/03/a-gente-vai-dar-porrada-se-nao.html
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/2018/03/a-gente-vai-dar-porrada-se-nao.html
true
563360971225838415
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share. STEP 2: Click the link you shared to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy