De pão francês a papel higiênico – alta do dólar já pesa nos preços

Escalada da moeda americana alcançou mais de 20% neste ano e pressão nos custos já é repassada ao consumidor.
As vendas de biscoitos, macarrão e pães industrializados caíram 3% no primeiro semestre e essa tendência deve permanecer até o final do ano (André Vieira/Bloomberg/VEJA)
O dólar no patamar de 4 reais não aterroriza somente os planos de quem tem viagem marcada para o exterior. A disparada deve impactar o bolso do brasileiro. Preços de massas, pães, produtos de higiene pessoal e limpeza serão reajustados para compensar essa elevação. A explicação está no fato desses produtos usarem muitos insumos importados e por isso ficarem sujeitos ao sobe e desce da moeda americana.

“A indústria já começa a repassar o aumento dos custos ao varejo, que deve transferir parte desse aumento ao consumidor”, disse o economista da Associação Paulista de Supermercados (Apas) Thiago Berka.

Um exemplo é o preço do pacote do papel higiênico branco com quatro unidades. Com o aumento da tonelada da celulose, que é um dos insumos do produto e tem seu preço em dólar, as notas dos fabricante para os supermercados já mostram uma elevação de até 20%. “O aumento para o consumidor, no entanto, foi de 7%, isso na primeira semana de agosto, quando o dólar estava a 3,70 reais. Agora, a mais de 4 reais, vai ser difícil segurar esse repasse”. Em agosto, a moeda americana se valorizou 8,60%. No ano, a disparada supera 23%.

O brasileiro também deve sentir o aumento no preço do pão francês no final deste mês. Um dos principais insumos do pãozinho é a farinha de trigo – o país importa 50% do que consome desse item. “Esse é um produto em que o repasse acontece mais rapidamente. Até julho, o pãozinho ficou 3% mais caro nos supermercados. Em agosto, já observamos uma apreciação também”, conta o economista.

Para a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), caso persista a tendência de alta da moeda americana, além do pão e gasolina, cujos reajustes consideram a cotação do petróleo no mercado internacional, outros itens devem ter aumento de preços e pesar no bolso do consumidor. É o caso do azeite, vinhos e peixes, como o bacalhau e salmão, eletroeletrônicos e as viagens internacionais também serão afetados.

O presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias, Pães e Bolos Industrializados (Abimapi), Cláudio Zanão, culpa o dólar pelo aumento de custo dos fabricantes do setor. “Na produção de biscoitos, o trigo representa 30% dos insumos e na fabricação de pães industrializados e massas, de 60% a 70%. Com o dólar a esse preço, acredito que os repasses ao varejo acontecerão até setembro. Vai depender do nível de estoque de trigo de cada empresa e de quanto ela está disposta a ver suas vendas caírem”, disse Zanão.

Segundo ele, as vendas de biscoitos, macarrão e pães industrializados caíram 3% no primeiro semestre na comparação com igual período de 2017 – tendência que ele diz acreditar que permaneça até o final do ano. “Quem pode suportar o aumento dos custos vai segurar os preços para não perder participação de mercado. Mas essa não é a realidade da maioria das empresas do setor que, além de serem pequenas ou médias, são regionais”, ressaltou.

O consumidor deve se preparar para esses aumentos de preços por um bom tempo, segundo João Luiz Mascolo, professor de economia do Insper. “O dólar a 4 reais vai permanecer por uns dois meses, e as empresas vão acabar repassando a elevação de custos para os preços, principalmente aquelas que não têm políticas de proteção cambial, os hedges. Elas ficam contanto com a sorte”, alertou o professor.

Fonte: Revista Veja


from Ebahia News https://ift.tt/2BLHho1

COMMENTS

Nome

ADEB,1,Bahia,347,Brasil,424,Brasília,1,Camaçari,1,Cláudia Wild,3,Colunista,2,Colunista Jovem,3,Condeúba,5,D'jane Silva,6,Denúncia,21,des,1,Destaque,853,Economia,35,Educacao,10,Elizeu Rosa,19,Entretenimento,58,Esporte,18,Eunápolis,19,Feira de Santana,30,Governador Mangabeira,10,Ilhéus,21,intretenimento,5,Itabuna,23,Jequié,76,Lauro de Freitas,4,Mundo,84,Noticias,1146,Politica,551,Porto Seguro,15,Presidente Tancredo Neves,5,Salvador,428,Saúde,12,Segurança Pública,3,Teixeira de Freitas,22,Vitória da Conquista,33,
ltr
item
Âncora News: De pão francês a papel higiênico – alta do dólar já pesa nos preços
De pão francês a papel higiênico – alta do dólar já pesa nos preços
https://abrilveja.files.wordpress.com/2016/06/supermercado-economia-consumo-2011-original8.jpeg
Âncora News
http://www.ancoranews.net/2018/08/de-pao-frances-papel-higienico-alta-do.html
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/2018/08/de-pao-frances-papel-higienico-alta-do.html
true
563360971225838415
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share. STEP 2: Click the link you shared to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy