O novo “poste” de Lula não terá vida fácil

Haddad (Cica Neder/Brazil Photo Press/Agência o Globo)
Pesquisas telefônicas semanais funcionam como termômetro da receptividade dos candidatos pela fatia do eleitorado que começou a definir seu voto.

É o que registra a 12ª sondagem presidencial divulgada no final da semana pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) que ouviu mil pessoas em todo o país.

A seis semanas da eleição, confirma-se que de cada dez eleitores, seis continuam relutantes em sair de casa para votar ou dispostos a negar seu voto (anulando ou deixando-o em branco).

Por ora, eles dizem não se identificar com nenhum dos candidatos que estão por aí, ou seja, que representam o tipo de liderança que não desejariam mais ver na política.

Quatro em cada dez eleitores se dispuseram a indicar candidatos de sua preferência. Na resposta espontânea, Bolsonaro e Lula empatam, pouco abaixo da margem de 20%.

Os outros candidatos não chegam a cinco pontos percentuais das intenções de voto. Isso ocorre, vale lembrar, em um quinto do eleitorado, pois a ampla maioria afirma o desejo de não sair de casa, votar nulo ou em branco.

Quando estimulados a escolher um nome, em cenário sem Lula, obtém-se uma foto mais nítida das intenções eleitorais. Bolsonaro lidera isolado, com o dobro de possíveis votos de Marina e Alckmin, e Ciro – mais distante que os outros dois.

Para entender melhor, é preciso olhar o histórico dessa pesquisa em 12 semanas, a partir de maio.

Nele, Bolsonaro teve seu melhor momento em maio (25%), caiu e desde então se mantém estável abaixo dessa marca, dentro da margem de erro. O mesmo ocorre com Marina (12%). Alckmin avança, logo atrás, para o patamar de dois dígitos, e Ciro que alcançara esse nível, agora declina.

Fernando Haddad aparece muito distante, abaixo de Álvaro Dias e junto a Manuela D’Ávila e Henrique Meireles, o que apenas confirma o fato de que não é conhecido pelo eleitorado.

Isso porque, ao ser identificado como candidato de Lula, suas chances se multiplicam por quatro, e ele passa a ocupar a segunda posição no ranking, bem abaixo de Bolsonaro (que se mantém com o dobro), e com ligeira vantagem numérica em relação a Marina e Geraldo Alckmin.

Esse fragmento da pesquisa do Ipespe, certamente, diz mais sobre Lula do que sobre seu “poste”. Porque indica as limitações da capacidade de Lula em transferir votos. Na mitologia petista, ele seria capaz de repetir a eleição de um “poste”, como fez com Dilma em 2010 e 2014.

A sondagem do Ipespe sugere que não é bem assim: da cadeia em Curitiba, Lula consegue transferir cerca de 40% das suas intenções de voto para Haddad.

Já seria um grande feito político, mas, segundo a pesquisa, na ausência de Lula, a maior parte dos seus possíveis votos (60%) seria distribuída entre os demais candidatos. Os mais beneficiados: Ciro, Marina e – acreditem – Bolsonaro.

Outra sondagem eleitoral, essa para consumo interno da campanha de Paulo Câmara (PSB), governador de Pernambuco e candidato à reeleição, reforça a ideia de que não será tão fácil assim para Lula transferir para Haddad a maioria dos seus votos.

Pernambuco é o Estado mais lulista do país. Ali, segundo a sondagem feita para Câmara e concluída na última quarta-feira, 81% dos eleitores ouvidos (sim, você leu certo: 81%) responderam quer votarão em Lula.

Quando informados que o candidato de Lula será Haddad, apenas 14% dos 81% disseram que votariam em Haddad. O resto informou que irá pensar a respeito ou que votará em outros nomes.

Fonte: Revista Veja


from Ebahia News https://ift.tt/2nOw2RN

COMMENTS

Nome

ADEB,1,Bahia,350,Brasil,427,Brasília,1,Camaçari,1,Cláudia Wild,3,Colunista,3,Colunista Jovem,3,Condeúba,5,D'jane Silva,6,Denúncia,25,des,1,Destaque,854,Economia,35,Educacao,11,Elizeu Rosa,19,Entretenimento,58,Esporte,19,Eunápolis,19,Feira de Santana,30,Governador Mangabeira,10,Ilhéus,21,intretenimento,5,Itabuna,23,Jequié,76,Lauro de Freitas,4,Mundo,85,Noticias,1148,Politica,552,Porto Seguro,15,Presidente Tancredo Neves,6,Salvador,428,Saúde,12,Segurança Pública,3,Teixeira de Freitas,22,Vitória da Conquista,33,
ltr
item
Âncora News: O novo “poste” de Lula não terá vida fácil
O novo “poste” de Lula não terá vida fácil
https://abrilveja.files.wordpress.com/2018/03/fernando-haddad-2018-2315.jpg
Âncora News
http://www.ancoranews.net/2018/08/o-novo-poste-de-lula-nao-tera-vida-facil.html
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/2018/08/o-novo-poste-de-lula-nao-tera-vida-facil.html
true
563360971225838415
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share. STEP 2: Click the link you shared to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy