Segundo debate em SP tem Doria menos visado, mas alvo de PT e PSOL

Principais concorrentes, Skaf e França não miraram tucano, que hoje teve os direitos políticos suspensos pela Justiça paulista. Ainda cabe recurso.
Sete candidatos ao governo de São Paulo participam de debate realizado pela RedeTV! - 24/08/2018 (Fabio Vieira/Fotorua/Estadão Conteúdo)
Os candidatos ao governo de São Paulo fizeram na noite desta sexta-feira, 24, na Rede TV!, o segundo debate da disputa eleitoral paulista. Participaram do encontro sete dos doze candidatos ao Palácio dos Bandeirantes: João Doria (PSDB), Paulo Skaf (MDB), Márcio França (PSB), Luiz Marinho (PT), Marcelo Cândido (PDT), Professora Lisete Arelaro (PSOL) e Rodrigo Tavares (PRTB).

Assim como no primeiro debate, há uma semana, na TV Bandeirantes, embora em menor escala, Doria voltou a ser criticado por adversários por ter deixado a Prefeitura de São Paulo menos de dois anos após ter sido eleito em primeiro turno, em 2016. Desta vez, os ataques vieram dos candidatos de PT e PSOL, Marinho e Lisete, respectivamente. O petista ainda mencionou a decisão da Justiça de suspender os direitos políticos do tucano por quatro anos, tomada hoje, da qual ainda cabe recurso. Skaf e França, que no embate anterior também miraram o tucano, não fizeram o mesmo na Rede TV!.

Ao responder a Luiz Marinho e Lisete Arelaro, João Doria manteve a estratégia de se posicionar como candidato anti-PT e anti-esquerda, visando, sobretudo, ao eleitorado do interior paulista.

Doria lidera as pesquisas de intenção de voto ao governo de São Paulo, com 25% da preferência, conforme o levantamento Datafolha divulgado nesta semana. Ele é seguido por Paulo Skaf, que tem 20%, e França e Marinho, cada um com 4%.
Como foi o debate

No primeiro bloco, todos os candidatos responderam perguntas sobre segurança pública e questões sorteadas feitas por eleitores. Ressaltando ser “o candidato do Lula em São Paulo”, Luiz Marinho criticou os governos do PSDB no estado, que somam 24 anos, e culpou os tucanos pelo crescimento e expansão do PCC em outros estados do país. Sem citar o partido que tem se mantido no Palácio dos Bandeirantes desde 1995, Marcelo Cândido falou em “acordo velado” entre o governo e organizações criminosas.

João Doria voltou a prometer polícia “padrão Rota”, uma referência à tropa de elite da PM paulista. “Com a Rota não se brinca”, disse o tucano, repetindo o que já havia dito no debate da Band. Ele ainda rebateu Marinho: “de crime organizado o seu partido, o PT, conhece muito bem”. A declaração do ex-prefeito de São Paulo fez com que o petista pedisse direito de resposta, que foi negado pela produção.

Assim como no debate anterior, França lembrou ter homenageado a cabo da PM Katia Sastre, que matou um homem que tentou assaltar pessoas em frente a uma escola em Suzano (SP). Skaf ressaltou que tem uma tenente-coronel da PM, Carla Basson, como candidata a vice em sua chapa e prometeu o fim das “saidinhas” de presos das cadeias em feriados. Já Tavares, ao contrário do debate anterior, disse logo de cara que representa a chapa de Jair Bolsonaro (PSL) e Hamilton Mourão (PRTB) na disputa paulista. Ele prometeu criar o “CSI paulista” para combater o crime.

No segundo bloco, destinado a perguntas de jornalistas, João Doria foi questionado pela primeira vez sobre sua promessa, registrada em carta, de que não deixaria a Prefeitura de São Paulo – ele acabou renunciando ao cargo um ano e quatro meses depois da posse, tendo, antes disso, tentado ser o candidato do PSDB à Presidência da República. O tucano respondeu que se candidatou para “dar continuidade ao trabalho do Geraldo Alckmin”. Escolhido para comentar a resposta do tucano, Paulo Skaf citou o próprio pai: “ninguém é obrigado a firmar compromisso, mas, uma vez prometido, tem que cumprir”.

Em outra questão, Márcio França foi indagado sobre se há dubiedade em torno de sua candidatura devido a seu partido, o PSB, ter firmado um acordo informal com o PT no plano nacional, enquanto, no plano estadual, ele é aliado de Geraldo Alckmin, presidenciável do PSDB. O governador respondeu que seu partido ficou dividido e ressaltou ser “leal” a Alckmin, de quem foi vice. No comentário, Doria aproveitou a bola levantada, concordou com o adversário e disse que seu partido fez um “excepcional governo” em São Paulo.

Depois de ter o pedido de resposta negado pela comissão do debate, Luiz Marinho aproveitou um comentário que fez sobre obras do metrô até o aeroporto de Guarulhos – “fracasso de gestão do PSDB” e “incompetência tamanha”, em suas palavras – para responder a João Doria. “Quem entende de organização criminosa é seu partido, que tem acordo com eles”, atacou.

O bloco foi marcado por uma falha do inexperiente Rodrigo Tavares, do PRTB, que se atrapalhou ao comentar uma resposta de Marinho sobre corrupção. “[Luiz Marinho] Tem, sim, muito a explicar, tem, sim, esse tipo de comportamento. Nós não, nós somos… Nós sim, nós não, nós sim, nós não? Não sei. O que eu quero dizer é que o nosso querido aqui…”, enrolou-se o jovem candidato. Em sua participação seguinte, Tavares pediu desculpas “humildemente” pelo lapso, explicou ter tido um “piripaque do Chaves” e, prevendo os memes, afirmou que é necessário “rir de si mesmo”.

Fonte:  Revista Veja


from Ebahia News https://ift.tt/2Niy9bV

COMMENTS

Nome

ADEB,1,Bahia,350,Brasil,427,Brasília,1,Camaçari,1,Cláudia Wild,3,Colunista,3,Colunista Jovem,3,Condeúba,5,D'jane Silva,6,Denúncia,25,des,1,Destaque,854,Economia,35,Educacao,11,Elizeu Rosa,19,Entretenimento,58,Esporte,19,Eunápolis,19,Feira de Santana,30,Governador Mangabeira,10,Ilhéus,21,intretenimento,5,Itabuna,23,Jequié,76,Lauro de Freitas,4,Mundo,85,Noticias,1148,Politica,552,Porto Seguro,15,Presidente Tancredo Neves,6,Salvador,428,Saúde,12,Segurança Pública,3,Teixeira de Freitas,22,Vitória da Conquista,33,
ltr
item
Âncora News: Segundo debate em SP tem Doria menos visado, mas alvo de PT e PSOL
Segundo debate em SP tem Doria menos visado, mas alvo de PT e PSOL
https://abrilveja.files.wordpress.com/2018/08/brasil-eleicoes-debate-governador-redetv-20180824-0015-copy.jpg
Âncora News
http://www.ancoranews.net/2018/08/segundo-debate-em-sp-tem-doria-menos.html
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/2018/08/segundo-debate-em-sp-tem-doria-menos.html
true
563360971225838415
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share. STEP 2: Click the link you shared to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy