MP acusa Haddad de enriquecimento ilícito e pede perda de direito político Nathan Lopes e Guilherme Mazieiro

Haddad fez campanha no Rio ao lado da candidata petista ao governo do estado, Márcia Tiburi, nesta terça-feira (28)
Haddad fez campanha no Rio ao lado da candidata petista ao governo do estado, Márcia Tiburi, nesta terça-feira (28) .
O MP (Ministério Público) de São Paulo denunciou, na segunda-feira (27), o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) e outras seis pessoas por improbidade administrativa. Segundo a acusação, o petista foi "beneficiário do proveito de vantagem ilícita" e teria enriquecido ilicitamente de maneira indireta em razão do pagamento de dívidas de sua campanha na disputa paulistana em 2012, quando foi eleito.

 Atualmente, Haddad é candidato a vice na chapa de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao Planalto, mas deve assumir a candidatura caso o ex-presidente seja vetado pela Justiça Eleitoral. O MP pede a condenação de Haddad por improbidade administrativa (ato contrário à administração pública) e o bloqueio bens do petista no valor de até R$ 14,1 milhões, além da perda dos direitos políticos.

 A nova denúncia e a ação em que o ex-prefeito é réu não o impedem de ser candidato na eleição. Na última pesquisa Datafolha, em cenários onde substitui Lula, Haddad aparece com 4% das intenções de voto. De acordo com a denúncia, do promotor Wilson Tafner, a UTC pagou, ao longo de 2013, dívidas da campanha eleitoral de Haddad com uma gráfica.
Em nota, o ex-prefeito diz que "todo o material gráfico produzido em sua campanha foi declarado e que não havia razão para receber qualquer recurso não declarado da UTC". 

Pesquisa do dia 22/08/2018, realizada entre os dias 20 e 21/08/2018; Registro nº: BR-04023/2018; Amostra: 8.433; Margem de erro: +-2 pontos percentuais. Essa é a segunda notícia contrária para Haddad em oito dias. Na semana passada, o ex-prefeito virou réu em processo de improbidade administrativa que corre na Justiça paulista  

Segundo a acusação, houve uma série de irregularidades na construção de uma ciclovia em São Paulo. O petista nega qualquer irregularidade. O PT considerou a denúncia como o "último ataque" de setores do MP paulista. Para o partido, ela "é tão falsa, irresponsável e facciosa quanto as que foram apresentadas por outros membros do MP contra o ex-presidente Lula". 

Os petistas irão apresentar uma representação contra o procurador por uma atitude que qualificam como política. "Já esperávamos por esse tipo de manobra, principalmente depois das últimas pesquisas que mostram a possibilidade de Lula vencer no primeiro turno". 

Figuras da Lava Jato Entre os outros denunciados desta segunda-feira estão figuras conhecidas de processos ligados à Operação Lava Jato: o doleiro Alberto Youssef, os empresários Ricardo Pessoa e Walmir Pinheiro Santana, além do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto. A ação também envolve a empreiteiras UTC e gráficas. A UTC, que possuía "obras e interesses econômicos que poderiam ser atingidos e amparados pela atuação dos agentes públicos da administração municipal", segundo o MP, também pagou vantagens indevidas a José de Fillipi Júnior (PT), então secretário de Saúde da capital paulista e ex-prefeito de Diadema (Grande São Paulo).

 De acordo com a acusação, a UTC teria quitado uma dívida com uma gráfica ligada a um ex-deputado estadual que integra os quadros do PT: Francisco Carlos de Macena, o "Chico Gordo". O valor envolvido seria de R$ 2,6 milhões. Haddad, já como prefeito, "tinha pleno domínio daquela solicitação espúria e dos interesses da UTC nas grandes obras públicas da Prefeitura de São Paulo", diz o promotor.

 "Conhecimento este que procurou ocultar com o álibi da 'cegueira', a qual se mostrou absolutamente deliberada, intencional". 16 % 10 % Ciro PDT 9 % Alckmin PSDB 4 % Haddad PT 12 % Outros 22 % Brancos e nulos 6 % Indecisos  3/4 "Meandros do poder" Para o promotor, é inquestionável que Haddad, na condição de maior mandatário municipal, recebeu vantagem indevida. "Inquestionável, diante deste robusto conjunto probatório, que Haddad, na condição de maior mandatário municipal, recebeu vantagem indevida", diz a denúncia. 

Para o promotor, isso ficou caracterizado pelo pagamento das dívidas com as gráficas que trabalharam para a campanha do petista. Na denúncia, o promotor faz considerações acerca de Haddad, dizendo que ele "conhece muito bem os meandros do poder e 'como o jogo era jogado'". "Certamente, não por sua ingenuidade e não por sua insciência do jogo político que o cerca, que novamente é escolhido como candidato do partido na chapa ao cargo mais elevado do país!", escreveu. 

Tafner também faz referência à Lava Jato, dizendo que ela trouxe "uma enxurrada de depoimentos e provas de quanto houve de dinheiro espúrio". Ele faz referência à UTC, implicada em "esquemas na esfera federal e que buscavam a extensão daqueles na gestão que se iniciava na prefeitura paulistana". Segundo a denúncia, o ex-secretário envolvido no esquema era "homem forte no Partido dos Trabalhadores, de confiança e próximo ao prefeito Haddad, tinha a inequívoca intenção dos empresários corruptores de manter os bons serviços daquele agente público na aproximação dos círculos do poder da administração". 

O que dizem as defesas Em nota, a assessoria de Haddad disse que foi demonstrado que "todo o material gráfico produzido em sua campanha foi declarado e que não havia razão para receber qualquer recurso não declarado da UTC". A empreiteira, segundo a equipe do ex-prefeito, "teve seus interesses confrontados logo nos primeiros dias da gestão Haddad na Prefeitura de São Paulo, principalmente com a suspensão da construção do túnel da avenida Roberto Marinho, cuja obra mostrava indícios claros de sobrepreço". 

A assessoria de imprensa da UTC, Ricardo Pessoa e Walmir Pinheiro Santana informou que os acusados colaboram com as autoridades responsáveis pela investigação e com processos administrativos e judiciais relativos às licitações da empresa junto a órgãos púbicos. A reportagem ainda não localizou as defesas das outras partes citadas na denúncia.

Fonte: Fábio Motta/Estadão Conteúdo


from Ebahia News https://ift.tt/2MLPiyn

COMMENTS

Nome

ADEB,1,Bahia,357,Brasil,432,Brasília,2,Camaçari,1,Cláudia Wild,3,Colunista,3,Colunista Jovem,3,Condeúba,5,D'jane Silva,6,Denúncia,27,des,1,Destaque,873,Economia,35,Educacao,11,Elizeu Rosa,19,Entretenimento,58,Esporte,19,Eunápolis,19,Feira de Santana,30,Governador Mangabeira,10,Ilhéus,21,intretenimento,5,Itabuna,23,Jequié,76,Lauro de Freitas,4,Mundo,85,Noticias,1148,Politica,553,Porto Seguro,15,Presidente Tancredo Neves,6,Salvador,432,Saúde,13,Segurança Pública,3,Teixeira de Freitas,22,Vitória da Conquista,33,
ltr
item
Âncora News: MP acusa Haddad de enriquecimento ilícito e pede perda de direito político Nathan Lopes e Guilherme Mazieiro
MP acusa Haddad de enriquecimento ilícito e pede perda de direito político Nathan Lopes e Guilherme Mazieiro
https://conteudo.imguol.com.br/c/noticias/e9/2018/08/28/28ago2018---o-candidato-a-vice-na-chapa-do-pt-fernando-haddad-faz-campanha-no-rio-de-janeiro-ao-lado-da-candidato-petista-ao-governo-do-estado-marcia-tiburi-1535468825644_615x300.jpg
Âncora News
http://www.ancoranews.net/2018/09/mp-acusa-haddad-de-enriquecimento.html
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/2018/09/mp-acusa-haddad-de-enriquecimento.html
true
563360971225838415
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share. STEP 2: Click the link you shared to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy