CNJ arquiva pedido para investigar Moro no caso das mensagens sobre a Lava Jato

Na decisão, corregedor do órgão ponderou que o atual ministro da Justiça não é mais juiz e, por isso, não pode ser alvo do CNJ. Pedido de investigação havia sido apresentado pelo PDT.



O ministro da justiça Sérgio Moro durante evento do 154º aniversário da batalha naval do Riachuelo na sede da Marinha, em Brasília — Foto: Adriano Machado/Reuters

O corregedor do Conselho Nacional de Justiça, Humberto Martins, determinou nesta terça-feira (11) o arquivamento de um pedido para investigar a conduta do ministro da Justiça, Sérgio Moro, em supostas mensagens trocadas com o coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato no Paraná, o procurador da República Deltan Dallagnol. Cabe ao CNJ decidir questões sobre a conduta dos magistrados de todo o país, com exceção dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).


No último domingo (9), o site The Intercept publicou uma série de reportagens que revela o conteúdo de mensagens extraídas de um aplicativo na época em que Moro ainda era juiz federal e julgava os processos da Lava Jato no Paraná. Segundo uma das reportagens, o atual ministro da Justiça orientou ações dos procuradores da República que atuavam na força-tarefa e cobrou de Dallagnol novas operações.

Humberto Martins rejeitou o pedido de investigação apresentado pelo PDT com a justificativa de que Moro não pode mais ser alvo de um procedimento do CNJ em razão de ter abandonado a carreira de magistrado.

O PDT alegou "conduta suspeita" do atual ministro da Justiça no pedido para que o CNJ investigasse a conduta de Moro nas mensagens de texto divulgadas pelo The Intercept.

"A adoção da tese de que seria possível se aplicar penalidade a juiz exonerado criaria uma situação no mínimo inusitada: o juiz pediria exoneração, cortando seu vínculo com a administração, e a instância administrativa instauraria um procedimento que, se ao final concluísse pela aplicação da penalidade, anularia a exoneração e aplicaria ao juiz a aposentadoria compulsória com proventos proporcionais", argumentou o conselheiro Humberto Martins no despacho no qual mandou arquivar o pedido do partido.

O corregedor destacou ainda que a exoneração de Moro como juiz foi publicada em 19 de novembro de 2018 e que, a partir desta data, não é mais possível aplicar procedimentos de natureza administrativa contra ele, ainda que referente a atos supostamente praticados no período em que ainda era juiz.

"Uma vez que o presente pedido de providências configura procedimento de natureza disciplinar proposto quando o representado já não é mais juiz, por haver se exonerado, a hipótese é de falta de interesse processual, por inexistir utilidade/necessidade/adequação na pretensão deduzida, que, portanto, não pode ter seguimento", escreveu o corregedor em outro trecho da decisão.

g1.globo.com




from Ebahia News http://bit.ly/2IDrest

COMMENTS

Nome

ADEB,1,Bahia,357,Brasil,432,Brasília,2,Camaçari,1,Cláudia Wild,3,Colunista,3,Colunista Jovem,3,Condeúba,5,D'jane Silva,6,Denúncia,27,des,1,Destaque,873,Economia,35,Educacao,11,Elizeu Rosa,19,Entretenimento,58,Esporte,19,Eunápolis,19,Feira de Santana,30,Governador Mangabeira,10,Ilhéus,21,intretenimento,5,Itabuna,23,Jequié,76,Lauro de Freitas,4,Mundo,85,Noticias,1148,Politica,553,Porto Seguro,15,Presidente Tancredo Neves,6,Salvador,432,Saúde,13,Segurança Pública,3,Teixeira de Freitas,22,Vitória da Conquista,33,
ltr
item
Âncora News: CNJ arquiva pedido para investigar Moro no caso das mensagens sobre a Lava Jato
CNJ arquiva pedido para investigar Moro no caso das mensagens sobre a Lava Jato
https://s2.glbimg.com/9AG528pu8gQajvPxiWAXQreDXN0=/0x0:1900x1267/984x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2019/h/5/aY75ogQr2YUOJVCz3zpQ/2019-06-11t134248z-1401669162-rc18b041e6d0-rtrmadp-3-brazil-corruption-adriano-machado-reuters.jpg
Âncora News
http://www.ancoranews.net/2019/06/cnj-arquiva-pedido-para-investigar-moro.html
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/2019/06/cnj-arquiva-pedido-para-investigar-moro.html
true
563360971225838415
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share. STEP 2: Click the link you shared to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy