Adolescente de 15 anos consegue mudar nome e gênero no DF

Resultado de imagem para Adolescente de 15 anos consegue mudar nome e gênero no DF

O processo correu com a ajuda da Defensoria Pública e foi encaminhado ao Núcleo de Assistência Jurídica (NAJ), de Santa Maria, onde a adolescente reside

No caso de crianças e adolescentes, é necessário a autorização dos pais para a realização da mudança

Uma adolescente transexual de 15 anos conseguiu alterar o nome e o gênero na documentação de nascimento no Distrito Federal. O processo segue em segredo de Justiça, ocorreu com a ajuda da Defensoria Pública do DF, e foi encaminhado ao Núcleo de Assistência Jurídica (NAJ), de Santa Maria, onde a adolescente reside. 

João* nasceu com sexo masculino, mas se identifica com o gênero feminino. Por isso, adotou o nome de Ana*. Para conseguir fazer a mudança, a adolescente teve que passar por um parecer psicossocial e laudo médico, além de obter posição favorável do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). 

"O mais importante desse caso é o fato de que as instituições do Estado estão cumprindo o constitucional, segundo o qual não pode promover a discriminação de qualquer ordem", opinou o advogado cível Luís Carlos Alcoforado. De acordo com o especialista, o Estado está “respondendo à altura do desejo das pessoas em busca da felicidade”. 

Em março de 2018, o Supremo Tribunal Federal (STF), por meio da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) n° 4275, reconheceu ser possível a alteração de nome e gênero no registro civil mesmo sem a realização de procedimentos cirúrgicos para a redesignação de sexo. Em outras palavras, para que uma pessoa trans troque o nome, não é preciso apresentar laudo médico ou comprovação de cirurgia para maiores de 18 anos, apenas ir até o cartório e fazer a mudança (veja documentos necessários). 

No mesmo ano, o provimento n° 73/2018 da Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) também definiu que as alterações poderão ser feitas sem a obrigatoriedade da comprovação da cirurgia ou de decisão judicial a maiores de idade. No caso de crianças e adolescentes, como João*, é necessário o consentimento dos pais ou responsáveis ou pedir a alteração por via judicial. 

Segundo Alcoforado, isso ainda é um "defeito no modelo". “O ideal é que essas pessoas que estejam vocacionadas a transexualidades pudessem exercer sem precisar do ativismo do pai ou da mãe, e que pudessem, com mais liberdade, exercer essa vocação que está na alma e no corpo”, completou. 

Em nota, a Defensoria Pública esclareceu que a identidade de gênero de crianças e adolescentes deve ser administrada sempre com muita cautela, mas que a vontade deles será considerada para a decisão final.

*Os nomes são fictícios para preservar a identidade da adolescente 

Documentos necessários

Anterior à decisão do STF e CNJ, uma pessoa trans deveria recorrer à Justiça para fazer a alteração dos documentos. Com a mudança, é possível ir à um cartório de Registro Civil de Pessoas Naturais (RCPN) e entregar os documentos exigidos pelo CNJ. Segue lista abaixo: 

- Certidão de nascimento atualizada 

- Certidão de casamento atualizada (se for o caso)

- Registro Geral de Identidade

- Identificação civil nacional (se for o caso)

- Passaporte (se for o caso)

- CPF 

- Título de eleitor 

- Carteira de Identidade 

- Comprovante de endereço 

- Certidão do distribuidor cível do local de residência

- Certidão do distribuidor criminal do local de residência

- Certidão de execução criminal 

- Certidão dos tabelionatos de protesto do local de residência

- Certidão da justiça eleitoral do local de residência
Continua depois da publicidade

- Certidão da justiça do trabalho do local da residência

- Certidão da justiça militar 

*Fontes: CNJ e Cartilha do Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos

Correio Brasiliense


from Ebahia News https://ift.tt/2mqHO7E

COMMENTS

Nome

ADEB,1,Bahia,359,Brasil,433,Brasília,3,Camaçari,1,Cláudia Wild,3,Colunista,3,Colunista Jovem,3,Condeúba,5,D'jane Silva,6,Denúncia,27,des,1,Destaque,875,Economia,35,Educacao,11,Elizeu Rosa,20,Entretenimento,58,Esporte,19,Eunápolis,19,Feira de Santana,30,Governador Mangabeira,10,Ilhéus,21,intretenimento,5,Itabuna,23,IVB,1,Jequié,76,Lauro de Freitas,4,Mundo,85,Noticias,1149,Politica,554,Porto Seguro,15,Presidente Tancredo Neves,6,Salvador,434,Saúde,13,Segurança Pública,3,Teixeira de Freitas,22,Vitória da Conquista,33,
ltr
item
Âncora News: Adolescente de 15 anos consegue mudar nome e gênero no DF
Adolescente de 15 anos consegue mudar nome e gênero no DF
https://imgsapp2.correiobraziliense.com.br/app/noticia_127983242361/2019/09/24/785425/20190924140843282190a.jpg
Âncora News
http://www.ancoranews.net/2019/09/adolescente-de-15-anos-consegue-mudar.html
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/2019/09/adolescente-de-15-anos-consegue-mudar.html
true
563360971225838415
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy Table of Content