$type=grid$show=home$count=2$cate=0$rm=0$sn=0$au=0$cm=0

NOVO PEDIDO DE VISTA ADIA VOTAÇÃO NA ALBA

 

A Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) decidiu anular a sessão mista (presencial e virtual) da terça-feira (8), quando chegou a ser lido o relatório do deputado Vítor Bonfim (PL) com parecer favorável ao Projeto de Lei nº 23.976/2020. Trata-se da primeira das quatro matérias do Executivo que sobrestam a pauta do Legislativo, impedindo a apreciação das demais. Na ocasião, um pedido de vistas do deputado Carlos Geilson (PSDB) paralisou a discussão do texto, que altera a denominação do Fundo Estadual de Manutenção das Áreas Industriais da Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial, o Funedic. 
Os integrantes da bancada de oposição argumentaram que problemas de conexão impediram que o áudio dos trabalhos fosse ouvido por todos os participantes dessa primeira sessão mista através do Sistema de Deliberação Remota (SDR). A sessão contou com as presenças em plenário de oito parlamentares, entre eles, o relator Vítor Bonfim (PL) e o presidente Nelson Leal (PP). Portanto, embora não houvesse qualquer deliberação e sequer a discussão da matéria começasse, quem estava participando dos trabalhos de forma virtual não pôde escutar o teor do relatório.

QUEIXAS

O pedido de cancelamento da sessão foi formulado pelos deputados Sandro Régis (DEM), Tiago Correia (PSDB) e Alan Sanches (DEM). O líder oposicionista, Sandro Régis, relatou queixas que recebeu dos correligionários e até de governistas e propôs a anulação logo no início dos trabalhos da sessão de ontem, exclusivamente realizada através do SDR. 

Por seu turno, o líder da bancada governista, deputado Rosemberg Pinto (PT), discordou do pedido de anulação apresentado pelos oposicionistas, afirmando que o problema técnico não era motivo para cancelamento dos efeitos produzidos na sessão. Além dele, discordaram do pedido os deputados Fabrício Falcão (PC do B) e Zé Raimundo (PT). Rosemberg argumentou que não houve consequência em decorrência do problema ocorrido com o áudio, pois o parecer sequer foi discutido. Para ele, o Regimento Interno não ampara o pedido de anulação. 

Depois de escutar as argumentações advinda dos dois blocos partidários da ALBA, o presidente Nelson Leal optou pelo cancelamento dos trabalhos. Explicou que sua decisão pretende preservar o parlamento, evitando o desgaste de eventual judicialização: “Em função dessa situação relatada por alguns colegas deputados, eu preferi manter a lógica. Peço desculpa caso tenha ferido algum colega, mas foi no sentido de acertar”, disse.

Em seguida, Leal retomou os trabalhos fazendo com que a leitura do relatório por Vítor Bonfim fosse novamente realizada, porém a votação voltou a ser vedada por outro pedido de vistas dos deputados Alan Sanches (DEM) e Soldado Prisco (PSC). Portanto, um cronograma para a apreciação de todos os projetos existentes no Legislativo será elaborado e discutido pelas lideranças partidárias, de forma a zerar a pauta de votações de 2020 sem deixar projeto algum sem ser votado.

Ainda no decorrer dos trabalhos, buscando apressar as votações desses projetos que sobrestam a pauta, Rosemberg Pinto sugeriu a realização de uma sessão extraordinária no sábado, quando vence o pedido de vistas, mas a oposição não aceitou essa convocação extraordinária. “A oposição sempre esteve ao lado da Bahia, dando seu empenho e contribuição para que o Parlamento fosse essa peça fundamental na luta contra o coronavírus. Mas não concordo com a votação no sábado. O Regimento diz que a sessão deve ser de segunda a quinta-feira”, frisou Sandro Régis.

O líder governista novamente discordou: “O regimento prevê, sim, sessão aos sábados, domingos e feriados. A sessão extraordinária pode ocorrer em qualquer dia”, sinalizou, pedindo apoio dos legisladores para realização do encontro no sábado. Sem acordo, a sessão extraordinária acabou não sendo convocada e uma proposta global para as votações será examinada através do cronograma em elaboração.

PAUTA

Além do projeto relacionado à Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Sudic), o parlamento baiano deverá apreciar, nos próximos dias, outras três proposições. Entre elas, o PL 24.001/2020, que permite ao governo do estado novo escalonamento para pagamento da dívida firmada por meio do Contrato nº 006/97/STN/Coafi, em dezembro de 1997, junto à União, quando esta assumiu a dívida mobiliária do antigo Baneb.

A medida se baseia no que está previsto no Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus. Tecnicamente, o projeto de lei autoriza o Executivo a celebrar termo aditivo ao contrato firmado com a União ao amparo da Lei Federal nº 9.496, de 11 de setembro de 1997, e da Medida Provisória nº 2.192-70, de 24 de agosto de 2001, para estabelecimento das alterações preconizadas pela Lei Complementar Federal nº 173, de 27 de maio de 2020.

Já o projeto nº 24.002/2020 versa sobre a remissão parcial e a redução de juros e multas de débitos tributários de Imposto Sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS). Tudo relacionado à glosa de créditos fiscais, de contribuintes que exerçam as atividades econômicas de extração e refino de petróleo e gás natural.

Finalmente, a proposta nº 24.003/2020 dispõe sobre a remissão parcial e redução de multas e acréscimos moratórios de débitos tributários ICMS também relativos à glosa de créditos fiscais.


from Ebahia News https://ift.tt/2IMVplc

COMMENTS

Nome

@alba,9,@alba Destaque,5,@deputadonelsonleal,1,abril,21,ADEB,2,ALBA,8,Aliança Pelo Brasil,2,Assembleia de Carinho,1,Bahia,373,BOLSONARO,1,Brasil,435,Brasília,3,Camaçari,1,Carnaval,1,Cláudia Wild,3,Colunista,3,Colunista Jovem,3,Condeúba,5,Coronavirus,1,D'jane Silva,6,Denúncia,27,des,5,Destaque,887,dez,5,Economia,35,Educacao,11,eleições 2020,1,Elizeu Rosa,21,Entretenimento,58,Esporte,19,Eunápolis,19,Feira de Santana,30,Governador Mangabeira,10,Ilhéus,21,intretenimento,5,Itabuna,23,Itanagra,1,IVB,1,Jequié,76,Lauro de Freitas,4,Lavagem de Itapuã,2,Mundo,85,Noticias,1149,Politica,556,Porto Seguro,15,Prefeita Dâna Maria,1,Presidente Tancredo Neves,6,Publicidade,2,Salvador,438,Saúde,13,Segurança Pública,3,Simoes Filho,3,Simões Filho,1,Teixeira de Freitas,22,Vera Cruz,1,Vitória da Conquista,33,
ltr
item
Âncora News: NOVO PEDIDO DE VISTA ADIA VOTAÇÃO NA ALBA
NOVO PEDIDO DE VISTA ADIA VOTAÇÃO NA ALBA
https://1.bp.blogspot.com/-wKxBmWCvR9I/X9eppuJ0gdI/AAAAAAAAAUo/SfRKmjqN5mkhTpqqXZ1A0HvCYATm2JGeQCLcBGAsYHQ/w564-h317/50637-925294-2020-12-02-22-01-51.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-wKxBmWCvR9I/X9eppuJ0gdI/AAAAAAAAAUo/SfRKmjqN5mkhTpqqXZ1A0HvCYATm2JGeQCLcBGAsYHQ/s72-w564-c-h317/50637-925294-2020-12-02-22-01-51.jpg
Âncora News
http://www.ancoranews.net/2020/12/novo-pedido-de-vista-adia-votacao-na.html
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/2020/12/novo-pedido-de-vista-adia-votacao-na.html
true
563360971225838415
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy Table of Content