MP aciona empresas por irregularidades em contratos de hospedagem e intercâmbio

Foto: MP-BA

Ação civil pública foi ajuizada contra a Companhia Thermas do Rio Quente, a Sauípe S/A, o Grupo Empresarial Aviva e a RCI Brasil Prestação de Serviços de Intercâmbio


O Ministério Público da Bahia (MP-BA) ajuizou ação civil pública contra a Companhia Thermas do Rio Quente, a Sauípe S/A, o Grupo Empresarial Aviva e a RCI Brasil Prestação de Serviços de Intercâmbio por irregularidades identificadas em contratos de hospedagem na modalidade de tempo compartilhado (time-sharing) e de associação a programa de intercâmbio.

No documento, a promotora de Justiça Joseane Suzart elenca uma série de abusos detectados em cláusulas “leoninas” e solicita à Justiça deferimento de medida liminar que obrigue às empresas a adotarem medidas corretivas.

Diversos pedidos foram apresentados pelo MP à Justiça, dentre eles que as empresas sejam obrigadas a cumprir, estritamente, o Código de Defesa do Consumidor (CDC), assegurando aos consumidores informações claras e adequadas durante a oferta e apresentação dos produtos e serviços e no decorrer de todo o vínculo contratual.

O MP também que as empresas assegurem a disponibilização de informações corretas, claras, precisas, ostensivas e em língua portuguesa sobre as características do serviço, suas qualidades, preços, entre outros dados. Além disso, que, considerando a complexidade dos vínculos contratuais de time-sharing e que os consumidores detêm o direito de serem informados adequadamente sobre o que irão assinar, os prepostos das empresas expliquem corretamente o contrato.

Segundo as investigações, isto não estava ocorrendo. Foi constatado que os prepostos, utilizando-se de técnicas de marketing agressivas, confundem o entendimento dos consumidores e não informam de modo adequado e claro os fatos relevantes contidos nos contratos. Em verdade, explica Joseane Suzart, ficou comprovado que eles se utilizam de informações falsas a fim de induzir indevidamente os destinatários finais ao consumo.

Consumidores relataram que são pressionados a assinar rapidamente os termos, sob a alegação de que se trata de uma oferta com tempo limitado. Afirmaram ainda que os prepostos prometem, enganosamente, ser possível rescindir os contratos a qualquer tempo sem ônus, mas depois esse direito não é assegurado.

O que se verifica é que, “de modo extremamente abusivo”, a fornecedora estipula três cláusulas compensatórias no contrato (embora as oculte por nomes diversos), que podem ser cumuladas entre si. Para a promotora de Justiça, “existe onerosidade em demasia nesses moldes contratuais, pois as preditas cumulações fazem com que as multas ultrapassem veementemente o limite da razoabilidade”.

Além disso, constatou-se que o grupo Aviva se utiliza de óbices para protelar e/ou impedir que os consumidores se desvinculem dos contratos firmados, oferecendo um precário e inadequado serviço de atendimento ao consumidor. Ao detalhar estas e outras irregularidades, Joseane Suzart afirma que “urge a necessidade de mudanças no atual panorama contratual”. Ela solicita ainda à Justiça que determine as empresas a adotarem uma série de medidas que garantam os direitos dos consumidores.

Fonte: Bahia.ba

EM RESPOSTA A MATÉRIA ACIMA MENCIONADA, RECEBEMOS UM COMUNICADO DA AVIVA QUE DIZ:




COMUNICADO OFICIAL

 

 

Em resposta à matéria veiculada no dia 3 de agosto (terça-feira) no Âncora News, referente à distribuição de Ação Civil Pública pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) contra empresas do grupo AVIVA e a intercambiadora RCI, a AVIVA informa que não recebeu qualquer informação oficial deste processo, não tendo sido, até o momento, citada ou intimada.

 

Destacamos que a AVIVA e suas empresas rechaçam veementemente toda e qualquer alegação de “suposta irregularidade em contratos de hospedagem na modalidade de tempo compartilhado (time-sharing)” por elas comercializados. No momento, a empresa aguarda o recebimento formal do Mandado de Citação para apresentação de defesa, na qual será evidenciado ao Poder Judiciário que inexiste qualquer abusividade contratual.

 

Um dos casos citados na ação, inclusive, já foi objeto de apreciação pelo Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, que considerou que (...) não há nenhum indício de vício de consentimento de vontade, ocorrência de erro, dolo ou lesão”.  Em caso de dúvidas, permanecemos à disposição para quaisquer outros esclarecimentos.



COMMENTS

Nome

@alba,12,@alba Destaque,5,@deputadonelsonleal,1,abril,21,ADEB,2,ALBA,8,Aliança Pelo Brasil,2,Assembleia de Carinho,1,Bahia,375,BOLSONARO,1,Brasil,435,Brasília,3,Camaçari,1,Carnaval,1,Cláudia Wild,3,Colunista,3,Colunista Jovem,3,Condeúba,5,Coronavirus,1,D'jane Silva,6,Denúncia,27,des,5,Destaque,889,dez,5,Economia,35,Educacao,11,eleições 2020,1,Elizeu Rosa,21,Entretenimento,58,Esporte,19,Eunápolis,19,Feira de Santana,30,Governador Mangabeira,10,Ilhéus,21,intretenimento,5,Itabuna,23,Itanagra,1,IVB,1,Jequié,76,Lauro de Freitas,4,Lavagem de Itapuã,2,Mundo,85,Noticias,1149,Politica,556,Porto Seguro,15,Prefeita Dâna Maria,1,Presidente Tancredo Neves,6,Publicidade,3,Salvador,439,Saúde,13,Segurança Pública,3,Simoes Filho,3,Simões Filho,1,Teixeira de Freitas,22,Topo,2,Vera Cruz,1,Vitória da Conquista,33,
ltr
item
Âncora News: MP aciona empresas por irregularidades em contratos de hospedagem e intercâmbio
MP aciona empresas por irregularidades em contratos de hospedagem e intercâmbio
https://d1x4bjge7r9nas.cloudfront.net/wp-content/uploads/2019/01/15135110/MPBA1.png
https://lh3.googleusercontent.com/-XUXe0eCeinw/YQvbPS9OsCI/AAAAAAAADEc/5Sbnlq7smagLd9KAc83Er15PGpPlpqiEACLcBGAsYHQ/s72-c/image.png
Âncora News
http://www.ancoranews.net/2021/08/mp-aciona-empresas-por-irregularidades.html
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/
http://www.ancoranews.net/2021/08/mp-aciona-empresas-por-irregularidades.html
true
563360971225838415
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy Table of Content